Time skip e decepção

time skip

Antes de começar a postagem de fato, quero deixar claro que tudo o que será dito aqui deriva apenas da minha opinião, e como tal está longe de ser uma verdade absoluta sobre algo. Você tem o total direito de concordar ou não.

Você sabe o que é um time skip?

Time skip é uma passagem de tempo. Aqui eu irei citar alguns mangás que sofreram esse “pulo” nos anos e deixaram uma grande expectativa sobre o que viria depois, mas que no fim foram decepcionantes.

Dragon Ball

Dragon Ball

O grande clássico, aquele que inspirou muitos dos mangás atuais e provavelmente continuará inspirando. Infelizmente boa parte das pessoas que o idolatram atualmente não conhece a fase em que Dragon Ball realmente era bom.

A fase em que Goku era criança é sem dúvida a melhor de Dragon Ball, onde Akira Toriyama mostrou seu verdadeiro talento. Diferente da fase Z, a fase clássica não era apenas focada em lutas extravagantes e inimigos capazes de explodir um planeta com um dedo. Claro, tinha ação como qualquer outro shonen, mas o grande forte era a comédia.

Quando houve a passagem dos anos entre a fase clássica e a Z, Dragon Ball perdeu a “magia”. Os personagens secundários foram deixados de lado e o enredo se tornou insuportavelmente repetitivo.

Eu já recebi várias críticas por isso, mas Dragon Ball Z só é aturável até a fase Freeza – que alias era onde Toriyama pretendia dar um fim a sua obra. As demais sagas são apenas mais do mesmo.

Naruto

Naruto

Assim como Dragon Ball, Naruto passou por uma grande passagem de tempo, onde os personagens principais deixaram a infância para trás e se tornaram adolescentes.

Sinto um carinho especial por Naruto, apesar de não acompanhar mais. Afinal foi o primeiro anime que me dei ao luxo de baixar da net e assistir legendado, já que não aguentava mais ver os mesmos episódios repetitivos no Cartoon.

Lembro-me de vibrar nas lutas do exame chunnin, sendo Naruto vs Neji a minha favorita. E até hoje o meu arco favorito é os ninjas de Konoha contra o Quarteto do Som.

Então o tempo passou e veio a fase Shippuden. Sinto certo alívio em saber que não sou o único a achar isso, mas essa fase não conseguiu me empolgar como a fase clássica. Em nenhum momento. Sim, estou incluindo a aclamada luta entre Naruto e Pain ou Sasuke e Itachi.

Para mim a história se perdeu. Por mais que o autor tenha explicado posteriormente (de forma bem ruim algumas vezes) alguns dos acontecimentos, a história se tornou tão maçante que eu optei por abandonar a leitura. Tentei retomar a alguns meses atrás, pois vejo muitos comentários positivos sobre o arco atual, mas não adiantou. Como muitos dizem, simplesmente acabou o encanto.

Bleach 2

Bleach

Admito, nunca fui muito fã de Bleach, acompanhava apenas para ver no que ia dar. Diferente dos dois primeiros, Bleach não teve uma mudança tão drástica em relação à passagem de tempo, afinal foi pouco mais de um ano.

Já quero deixar claro que meu arco favorito de Bleach foi o primeiro, que correspondeu ao resgate da Rukia. Mesmo o arco do Hueco Mundo seguido da Batalha de Karakura não conseguiu me agradar tanto assim (talvez por ser alguém extremamente chato, não sei).

E então, após a derrota do Aizen houve um pequeno time skip de alguns meses. E aí teve início o arco Fullbring. O que posso dizer sobre o arco Fullbring? Acho que como muitos, foi o arco que menos agradou. No meu caso, como vi que não ficaria muito diferente do que vinha ocorrendo desde o início, abandonei o mangá.

Agora que entrou no arco final, decidi retomar a leitura por ver vários comentários positivos, até mesmo de pessoas que criticavam o mangá a cada novo capítulo. Tenho que admitir que este arco atual de Bleach está me surpreendendo, mas mesmo assim não consigo sentir um encanto pela obra. Questão de gosto pessoal.

Fairy Tail

Fairy Tail

Talvez o mangá mais previsível que já acompanhei nos últimos tempos. Mesmo com seu enredo repetitivo no maior estilo Cavaleiros do Zodíaco, tinha alguma coisa nesse mangá que me prendia. Todo capítulo novo eu tinha uma crítica diferente (volto a ressaltar que sou uma pessoa chata que critica praticamente tudo), seja dos clichês, do fanservice exagerado ou, o pior de todos os casos, o protagonismo de nosso querido Natsu. Mas mesmo assim eu não conseguia deixar de acompanhar toda semana.

O motivo mais provável seja que eu enxergo um grande potencial na obra criada por Hiro Mashima e tinha esperanças de que ela me surpreenderia algum dia. Tinha.

Depois do arco incrível que foi o Exame de Classe S, apesar de ter odiado o desfecho do mesmo, houve um time skip de sete anos. Eu vibrei. Pensei que enfim veria personagens secundários tendo um foco maior numa busca incansável para reencontrar seus companheiros desaparecidos. E então aconteceu.

Os heróis retornaram. Até aí tudo bem. Então teve início o arco do Torneio Mágico… Depois do que vi ali não tive outra reação a não ser abandonar. Diferente de Naruto e Bleach, não tenho planos de retomar a leitura.

One Piece

One Piece

De todos os que citei neste post, One Piece é o meu favorito.

– “Ah, ele é fã de One Piece, por isso critica tanto os outros”.
– Não.

Infelizmente ele também perdeu um pouco do seu encanto. Lembro-me do Arlong Park quando Luffy ainda estava em East Blue, onde meu vício começou; lembro-me de arcos incríveis como Alabasta, Skypiea e Water 7… Water 7, de longe meu arco favorito ao lado de Enies Lobby. Me arrepio todas as vezes que lembro da cena da Robin gritando “quero viver”.

Bons tempos.

Só que, como os outros, One Piece teve uma passagem de tempo. Dois anos, para ser exato. Após esses dois anos teve início o arco mais esperado do anime até aquele momento, A Ilha dos Tritões, afinal nossos amigos da Tripulação do Chapéu de Palha desejavam chegar nessa ilha antes mesmo de entrarem em Thriller Bark.

O que dizer sobre A Ilha dos Tritões? Foi chato, muito chato. Claro, não vou negar que houve revelações importantes para o enredo, mas o arco ficou muito aquém das expectativas (minhas, no caso). E desde então não sinto mais o mesmo encanto por One Piece que sentia até o fim de Marineford, todos os arcos após Time Skip não conseguem mais prender e minha atenção. Antes eu contava os dias para um novo capítulo do mangá ou episódio do anime, mas hoje em dia deixo acumularem cinco, seis episódios para assistir. Às vezes até mais.

Claymore

Como eu falei no início do post, tudo o que foi dito aqui é reflexo da minha opinião. Concordar ou não com ele é um direito seu. Claro que isso não é uma regra, existem obras que tiveram time skip, mas que me surpreenderam. Como Claymore, por exemplo, que assim como Fairy Tail teve uma passagem de sete anos na trama e desde então a história evoluiu de uma maneira fantástica.

Anúncios
Esse post foi publicado em Animes, Mangás e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para Time skip e decepção

  1. Depois do TimeSkip de Claymore veio aquele arco estupidamente foda da batalha contra a organização, as guerreiras zombies, as ressucitadas, as irmãos que se fundiram. PUTA QUE PARIU, TUDO AQUILO FOI FODA DEMAIS

  2. Charles disse:

    Naruto e One Piece tiveram bons momentos após o Time Skip. Eu pessoalmente,gosto de ver o crescimento dos personagens,tanto físico quanto em poder.
    No caso de Naruto,vem ficando muito chato,de fato. Mas teve seus bons momentos no Shippuuden. E One Piece,com a saga atual do mangá,está indo muito bem,pelo menos pra mim.

    E em FT,achei a saga do Torneio uma das melhores da história até o momento. E se tiver mais sagas similares,o mangá vai ficar ainda melhor.

    Mas é questão de gosto. Quem gosta,gosta. Quem não gosta,dificilmente gostará.

  3. Dos animes/mangás citados, os únicos que acompanho são Fairy Tail e One Piece. E apesar de Fairy Tail ser meu mangá favorito, devo dizer que odiei esse TimeSkip, eu esperava ver mais dos outros personagens, esperava que eles ficassem vários capítulos desaparecidos e com isso tivéssemos a oportunidade de conhecer um pouco mais dos outros, mas não deu nem tempo. Triste isso.
    E em relação a One Piece, realmente a saga da Ilha dos Tritões não foi tudo o que eu esperava, o que salvou o arco foram todas as relações. E claro, ver o Luffy ownando após todo o treinamento xD
    Enfim, belo post EdB, até.

  4. Eric Dutra disse:

    O que posso dizer, assisti todos que você comentou e tenho algumas opiniões também.
    Sobre DB minha opinião é exatamente a mesma, recebo criticas de otakus que amam DB por causa disso, mas é uma verdade incontestável de que se tornou repetitivo e chato.

    Naruto, embora o clássico seja muito bom, o Shippuuden também não é dos piores, mas até mesmo a questão de evolução dos personagens ficou um pouco sem graça, agora no mangá então onde as coisas estão em um nível overpower god-like e ainda assim não está tão emocionante, lógico ver Kages mortos e vivos lutando, Naruto tendo chakra infinito praticamente, Sasuke virando a casaca, foram emoções, mas poderia sim ser melhor, a luta Toby x Kakashi foi uma decepção enorme pra mim ao menos.

    Bleach, bom foi um dos animes bons que já vi, extremamente interessante de olhar por mais repetitivo que estava se tornando, tirando os fillers era muito bom. Porém, depois do time skip, que porcaria aconteceu?! Deveria ter acabado sem dúvida, baixou o nível do mangá com uma saga horrível, tediosa e basicamente inútil, Agora, porém, está voltando aos poucos, porém a diferença de poder entre Genryuusai e o Juha Bach foi decepcionante. Não era o shinigami mais forte nos últimos 1000 anos? O que aconteceu?! Bom resta ver o que vai acontecer, Ichigo protagonizando uma evolução ridícula pra ganhar do Bach. Aliás, o esquema da zampakutou e de quem é Ichigo mesmo foi razoavelmente interessante.

    Fairy Tail não tem muito o que esperar, é sempre aquilo ali e nada vai mudar, o time skip não afetou muito o estilo do anime, continua a mesma coisa, algo nele me agrada o suficiente pra continuar lendo semanalmente.

    One Piece, ver todos eles voltando incrivelmente fortes foi algo legal, mas a Ilha dos Tritões, bom, nada do que era esperado. Eu ainda to esperando revelações de detalhes sobre o treinamento deles, principalmente do Zoro, foi pouco comentado e não se sabe ainda do que o espadachim de cabelo verde pode fazer, ainda mais com aquele olho tampado.

  5. Lúcio Silveira Dias (LSD) disse:

    One Piece foi de longe o mais decepcionante, de todos esses foi o que eu mais criei expectativas.
    Acho que eu sou um dos poucos que gostou do arco Fullbring de Bleach.
    Nunca vi o anime Dragon Ball, apenas o Z e o GT, mas li os primeiros capítulos do mangá há pouco tempo e realmente parece melhor.

  6. Levi V disse:

    Abandonou Fairy Tail?? nao sabe oq ta perdendo cara

  7. João disse:

    One Piece começou a empolgar no mangá no final da saga de Punk Hazard e ta explodindo cabeças na atual saga de Dressrosa

  8. Pedro Felipe disse:

    Ô meu rapaz, vc é bem seleto viu. Mas de todos os time skips o de naruto foi o pior, nem parece q saiu em um treinamento, e velho não abandone bleach tá muito bom, apesar de alguns seres serem apelões até o talo, mas é isso q deixa o fight daquele preço…

  9. Delbone disse:

    O time skip do One Piece trouxe foi um novo começo. Para mim é como se a história voltasse a ser narrada como nas primeiras aventuras, melhorando um pouco a cada história contada, só que agora no Novo Mundo. Assim, acredito que a qualidade das aventuras em cada ilha nova será progressiva, até porque, séria muito chato os personagens já voltarem mostrando tudo o que podem fazer… Acho que a genialidade no time skip está de fato no mundo de One Piece, a evolução de personagens secundários (ex-novas por exemplo) como as suas escolhas ao longo destes 2 anos, o impacto do surgimento, desparecimento e retorno dos mugiwaras, novos personagens… Enfim, embora a saga da ilha dos tritões tenhas sido chata, Punk Hazard já foi um pouco melhor, assim como Dressrosa (é assim que escreve?) está bem melhor do que as duas…

    Não li o mangá de Dragon Ball, mas sou um grande fã, concordo com o fato da primeira metade ter uma história muito boa, mas acho que o time skip tem seus momentos memoráveis, principalmente quanto aos do Vegeta. Até a saga do freeza a história é muito boa, principalmente a relação do Goku com o Vegeta, quando este está para morrer e conta a história da raça deles, e implora ao seu pior inimigo (Goku) enquanto chora, para que este vingue o sangue deles, e então, temos o primeiro momento em que o Goku se identifica com um saiyajin, cara eu amo essa cena, é primorosa! A saga do cell é ok. A do boo é uma merda, mas aquela cena em eu o Majin Vegeta fala sobre a vida dele na terra e como ele deixou de ser uma pessoa ruim, mas que no fundo queria voltar ao que ele antigamente era é sem dúvida uma das melhores passagens também. Putz, Dragon Ball é foda.

  10. Carlos disse:

    Timeskip pra mim é a mesma coisa de adaptar, tipo naruto teve um timeskip e agora é um adulto praticamente ( espectativa de continar tendo oque tinha antes na obra original só que mais chamativo ), Superman foi adaptado para os cinemas a expectativa é de quem conhece as histórias e o personagem ver tudo aquilo que sabe e conhece ou pelo menos uma introdução disso. Essa é minha comparação, agora quem é fã ou se interessa vai reclamar se tiver algo errado e quem é fãboy apenas vai falar que toda luta é foda e história é foda.

  11. Resumindo, vc não parece muito adequado para ser otaku, pois vc não sabe curtir… Seus comentários são incoerentes também… Já que em Dragon Ball vc cita que a história fica repetitiva depois do timeskip e que não gosta disso, mas em Naruto acontece o inverso e vc tbm não gosta… Me diga afinal qual é o grande enredo do Naruto clássico? Simplesmente não tem, eles vão derrotando diferentes inimigos um após o outro, a história é muito limitada o que muda completamente no shippuden… Sobre Dragon Ball, vc só gostava da comédia ok, na saga Z o foco é as lutas que são muito boas e ainda mais pra época, era inovador o nível de poder que os personagens tinham já que não era algo comum nos mangás/animes da época e por isso é bom… Se vc não gosta de lutas nem entendo pq viu Fairy Tail já que é mais do que óbvio que seria assim desde o começo logo após o arco do everlue… Na verdade a questão não é que nenhum desses mangás/animes ficou ruim após o timeskip, longe disso pois em FT msm tem o arco dos dragões por exemplo e o melhor de todos a guerra contra zeref que é o atual, a questão mesmo é que vc é muito certinho e como eu disse não sabe curtir, e fica querendo entender tudo cientificamente ao em vez de desfrutar, por isso é difícil que vc seja plenamente feliz como otaku, pois animes e mangás são assim msm

  12. Renan Oliver disse:

    muito mimimi, nenhum anime agrada esse cara assiste jornal nacional que é melhor

  13. Revelador da verdade disse:

    Oque posso dizer é que você é muito chato, abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s