Dohko e a lenda do Tigre e o Dragão

Dohko

Dohko, cavaleiro de ouro e nosso eterno Mestre Ancião, é um dos mais badalados personagens de Cavaleiros do Zodíaco. Muito se fala sobre suas habilidades que de primeira vista não fazem muito sentido. Afinal ele é o cavaleiro de ouro de Libra, possui uma tatuagem de tigre em suas costas e seus golpes provêm de dragões. Nenhuma lógica, não é? Mas será mesmo?

Vamos começar pela origem de seu nome, que deriva da lenda de Naiya.

Dohko Tigre

“Naiya é filho do Supremo Deus Dragão “Shen Wo [Yuan-shi tian-zong] (“Go Rozan” no Japão)” com uma jovem Humana (uma tradução possível para “Go Rozan” seria “Cinco de Rozan”- ou seja, os Cinco Picos de Rozan estariam simbolizando Shen Wo). Quando criança Naiya se destacava nas artes marciais sendo apelidado de “Pequeno Tigre (Dohko)”, possuía força descomunal, o que chamava a atenção de lutadores de todos os cantos da Ásia, mas ninguém era páreo para Naiya.

Os 7 Deuses Demônios viram Naiya como uma ameaça e enviaram várias hordas de demônios atrás dele. Porém nenhum demônio sobreviveu.

Já na sua adolescência Naiya encontrou como adversário o filho de um deus Demônio, sua aparência era de um dragão, o demônio explicou a Naiya que adquiriu esta aparência por ter derrotado 100 dragões sagrados e agora seus espíritos residiam em seu interior. Mas por fim o príncipe foi morto e os 100 dragões foram libertados. Em ira por ver seu filho morto, o líder entre os sete demônios ordenou que eles matassem Naiya.

Naiya acabou sendo morto pelo primeiro dos sete demônios. Os demônios comemoraram esta vitória espalhando o caos na Terra.

Shen Wo ao ver seu filho morto e não podendo fazer nada, se retirou aos Céus, mas não esperava que um tigre se sacrificasse para devolver a vida ao seu jovem filho morto. Naiya se reergueu e os 100 espíritos dos lendários dragões divinos uniram-se a ele para ajudá-lo.

Shen Wo já não podendo voltar a terra, lançou dos céus uma lança e um par de rodas flamejantes para que Naiya pudesse se locomover nos céus, agora Naiya era um Deus.

Naiya com todo seu poder matou seis deuses demônios e confinou o sétimo e ultimo. Seu esforço foi visto pelo Deus Primordial da Longa Vida que elevou sua divindade aos Céus e deixou sua parte física na Terra, agora na forma de um Tigre Sagrado guardado por 100 espíritos de Dragões.” 

Cólera 100 dragões

Acho que apenas essa lenda explica muito (ou quase tudo) sobre uma possível inspiração de Kurumada na construção de seu personagem, não apenas seu nome e a tatuagem em suas costas, mas também sua técnica suprema: Cólera dos Cem Dragões. Mas não para por aí.

O significado por trás do Tigre e o Dragão 

tigre e dragão

De acordo com a filosofia chinesa, o Yin-Yang é a representação do positivo e negativo, onde estabelece uma dualidade com significado de que o positivo não vive sem o negativo e vice e versa.

O Yin (Mandarin para lua) é o princípio passivo, feminino, mostra as qualidades da escuridão, descanso, úmido, frio e estrutura. Seu caractere chinês representa o lado com sombras de uma montanha.

O Yang (Mandarin para sol) é o principio ativo, masculino, mostra as qualidades da energia como luz, atividade, seca, calor e função. Seu caractere chinês representa o lado ensolarado de uma montanha.

O Yin e o Yang também podem ser representados pelo Tigre e o Dragão, representando lados opostos. Quanto mais Yin você possuir, menos Yang terá e, quanto mais Yang possuir menos Yin você terá. Essa filosofia diz que para termos corpo e mente saudável é preciso estar em equilíbrio entre o Yin e o Yang.

No símbolo o lado negro é o Yin e o branco o Yang; o pequeno círculo branco no lado negro significa que o Yin possui o Yang e, o círculo que o lado branco possui significa que Yang possui Yin.

Essa filosofia de que o tigre e o dragão representam a perfeita harmonia e equilíbrio combinam perfeitamente com o signo de Libra, que é simbolizado por uma balança.

Anúncios
Esse post foi publicado em Animes, Mangás, Mitos e Lendas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Dohko e a lenda do Tigre e o Dragão

  1. Minha nossa…. Simplesmente incrível!!! Ótima matéria!!!!

  2. pauloredline disse:

    Ah SUPERB!! Gostei mesmo da matéria

  3. Felipe disse:

    Show de bola! Meus parabéns!

  4. Bors disse:

    Parabéns pela matéria! Continue escrevendo coisas interessantes assim!

  5. Excelente materia eDb, continue assim! 😀

  6. Bom gostei muito parabéns!

  7. Fabiano disse:

    Que da hora! Eu estou criando um fanzine de cavaleiros, Saint Seiya – Era mitológica, e estava em dúvida de como criar o primeiro cavaleiro de Dragão e Libra, com essa matéria já resumniu tudo, deu uma luz, valeu rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s